A cromoterapia é a técnica que utiliza as cores para auxiliar corpo e mente a encontrar seu equilibrio natural. Está baseada nas sete cores do espectro solar e nas suas vibrações magnéticas.

Há muitas formas de absorvermos as cores: através dos alimentos, da luz solar, das ondas eletromagnéticas das luzes, na meditação e na visualiazação, entre outros.

O uso terapeutico das cores não é nada absolutamente novo e a muito tem sido utilizado com método curativo, quer seja estimulando, antideprimindo ou mantendo o equilíbrio orgânico.

A cromoterapia tem sido utilizada desde a antiga Grécia, em templos chamados Templos de Luz e Cor e isso já havia sido trazido do antigo império egipcio e anteriormente largamente utilizada em todo o Oriente especialmente na India.

O conhecimento esotérico e a medicina vibracional nos explicam que a cromoterapia influi em diversos níveis: do mais sutil ao mais material, harmonizando, integrando e potencializando nossos sistemas de autodefesa energética e consequentemente a fisica, emocional, psiquica e espiritual.

Existe uma interligação direta entre o comportamento das pessoas e as cores. Tenha como exemplo um dia claro de sol quando as pessoas vestem-se de cores alegres e vibrantes. Compare com um dia escuro e chuvoso...sem duvida o estado de espirito muda substancialmente! Isso ocorre porque os olhos são sensiveis à frequência da vibração da luz, o que dá ao cérebro a sensação de cor. Partindo desse postulado é que iniciou-se a compreensão de como funciona o mecanismo da cor no nosso corpo.

Mas não é necessário ver a cor para que ela atue sobre nós. As cores tem esse poder sobre nosso organismo devido ao comprimento de onda que estimula diferentes pontos cerebais desencadeando uma ampla gama de respostas orgânicas, independente se em pessoas, animais ou plantas. Sabe-se de experimentos feitos com plantas onde foram colocadaso no local de plantio luzes de diversas cores e a cada uma as plantas respondiam de maneira diversa. Percebeu-se, por exemplo, que as plantas crescem muito mais sob a cor azul do que a própria cor verde!

Já no corpo humano utilizamos geralmente a projeção direta das diferentes cores, obtendo diferentes respostas: relaxamento, ativação, fortalecimento, desbloqueio e outras tantas respostas necessária nos mecanismos de cura.

Uma das formas mais conhecidas de tratamento com cor é a da ultravioleta que elimina germes e bactérias, bem como acalma dores e inflamações nos músculos e tendões. Um estudo que vem avançando dia a dia é o relativo ao sistema imunológico que pode ser ativado positivamente através dessa técnica.

Através da alimentação podemos também ativar frequencias da cor ( cor dos alimentos) mas por outro lado podemos aumentar o apetite de uma pessoa colocando na sala de refeições cores cítricas, especialmente o laranja, pois essa cor ativa o aumento dos sucos gástricos orgânicos responsáveis pela digestão e o apetite.

Cada cor, portanto, tem a sua determinada função e benefícios, dependendo de qual estado de ânimo ou problema desejamos tratar.

Vamos a um pequeno resumo das cores mais utilizadas e alguns de seus diferentes usos:

Vermelho
Estimula nervos e sangue. Aplica-se a: resfriados, bronquite, anemia, reumatismo, diarréia, tuberculose e pressão baixa. É estimulante para provas escolares, testes e competições e outros estados de tensão emocional. Contra-indicações: hipertensão, estados histéricos, perturbação mental e febre alta. Como é uma cor agressiva, é conveniente aplicar em seguida a cor verde seguida do azul, para energizar e eliminar as possíveis seqüelas do vermelho, o laranja a substitui a altura sem contra indicações.
Laranja
É tonificante para o sistema respiratório e a fixação do cálcio. Aumenta o "tónus" sexual, harmoniza a vitalidade física com o otimismo, fortalece o corpo sutil. Aplica-se a: resfriados crônicos, rinite, pulmões danificados, hipertireoidismo, tumores, cálculos biliares, renais e asma. Aumenta o otimismo, sensação de bem-estar e relação corpo-espírito. Sendo uma cor densa, deve-se aplicar em seguida o verde.
Rosa
É tonificadora por excelência do fluxo sangüíneo, ajuda as funções cardíacas, a produção dos linfócitos e mantém constante o fluxo sangüíneo. Não deve ser usada quando há pressão arterial alta.
Amarelo
É um estimulante para o sistema nervoso, sistema digestivo, linfático e muscular. Estimula o cérebro e harmoniza o chakra solar. Aplica-se a: paralisia, disfunções abdominais e do fígado, vesícula biliar, cálculos biliares e renais, reumatismos, eczemas, enxaquecas, circulação anormal, parasitas intestinais, estados depressivos, cansaço mental e melancolia. O amarelo é contra-indicado nos estados de histerismo, neuroses, palpitações cardíacas e alcoolismo.
Verde
É uma cor negativa refrescante e calmante. Muito usada pelo Dr. Mac Naughton, nos EUA pelo seu poder regenerativo sobre o Corpo Etérico. Aplica-se a: dores dorsais, hipertensão, problemas emocionais, irritabilidade. Como calmante atua no plexo solar e frontal alcançando resultados surpreendentes. Usa-se uma tonalidade mais forte como regenerador Energético. Alivia a insônia, acalma as tensões nervosas, regenera física e mentalmente o corpo. Não tem contra-indicação, porém não se deve aplicar por muito tempo.
Azul
É calmante, analgésico, atuando também como fixador da cor violeta, especialmente nos casos de cauterização. Aplica-se a: dores de cabeça, vômitos, tosse nervosa, epilepsia, úlceras estomacais, dores agudas, febres e infecções. Atua como calmante do sistema nervoso e regenerador dos sistemas ósseo e muscular. Excelente como coagulante aplicando-se junto com o turquesa, que é uma variação do azul. Atua sobre as emoções, induzindo a paz e tranqüilidade. Favorece a meditação, o despertar da intuição, o combate ao egoísmo e abre o "mental" do homem para um contato com o Todo. Contra-indicações: não deve ser aplicado em resfriados, hipertensão, paralisias e reumatismos.
Índigo
É uma cor fria e adstringente, com propriedades anestésicas. Permite o estimulo e circulação da Energia Sutil pelos Canais Energéticos ou "Nadis", devido a essa espécie de amortecimento ou insensibilidade que provoca no corpo Físico. Aplica-se para aliviar todas as dores, cataratas, nefrites, otites, insensibilidade a sabores, sangramento do nariz. Atua sobre as emoções estimulando os cinco sentidos e permite o acesso a Níveis de Consciência mais elevados.
Lilás ou violeta
O violeta estabelece uma relação entre o Baço e a Energia Vital, atua como calmante do coração. Purifica o sangue, eliminando as toxinas, estimula a produção de leucócitos e células de defesa. É uma cor cauterizadora, que consegue controlar rapidamente as hemorragias. Também é útil para recuperar infecções se associada ao verde e azul. Aplica-se a: problemas no baço, indigestão crônica, sonolência após as refeições, cistites, disfunções de bexiga, problemas nos rins, ciática e lumbago crônicos, perda de cabelos, raquitismo, pneumonia, asma, tosse cumprida e epilepsia. Pode ser usada como bactericida na higienização das feridas, seguida pela cor azul, que fixa e dissolve os excessos de muco. Atua sobre as emoções, acalmando todos os estados violentos, nervosismos, ódio, ciúmes, angústias, medos e cólera. Devido à sua alta freqüência vibratória e conseqüente capacidade de penetração, não deve ser aplicada na cabeça, acima do nível da orelha.


Jacqueline Abecassis


Compre também pelo nosso tele-vendas: (11) 2567-2824
Desenvolvimento: LETTI